quarta-feira, 3 de junho de 2009

O Sol E Meu Olhar




O sol se fez poema ao meu olhar,

somente para mim tranziu sua luz,

seus versos, ainda ecoam em meus sonhos.



Meu olhar se fez plateia ante o tempo,
fagulhas de fogueira que arde em invernos frios,
ali, onde o vento sopra as flores.


O sol e meu olhar se cruzaram no horizonte,

e ambos abraçaram o universo,

que se fez ponto num verso solitário

de um só tom.

2 comentários:

Anônimo disse...

Lindo..Que o sol possa inspirar sempre o poeta a escrever belos versos...Um Abraço

Roberta

janey Moraes disse...

'Com o coração vibrando de boas palavras recito os meus versos em honra ao rei; seja a minha lingua como a pena de um hábil escritor.'Sl45;1. Deus continue te abençoando sempre, inspirando suas poesias. Abraço. janey